Qual a diferença entre uma rocha e um mineral?

0

A confusão sobre a diferença entre uma rocha é um mineral comum, porém a ciência explica, através da geologia que estuda à Terra, e sua ampla natureza desde sua formação até os componentes em sua crosta, as alterações e até mesmo os que a diferem. 

Vale lembrar que rocha é o termo usado cientificamente e não pedra. E com essa ciência por trás, iremos definir as principais diferenças entre os dois termos.

O que é uma rocha?

Para começarmos a definir as diferenças é preciso definir o termo. No caso de rochas composto por um agregado de minerais, pode ter dois ou mais e até conter diferentes tipos.

O que é um mineral?

Mineral é toda matéria de origem natural, não gasosa ou líquida, mas sim sólida, onde suas partículas, compostas químicas definidas, são organizadas atomicamente em um arranjo, e com isso, minerais acabam por gerar formas exteriores poliédricas.

Existem contudo alguns materiais, chamados mineraloides, ou amorfos, que apesar de possuírem uma forma parecida com minerais, não possuem essa organização cristalina, e portanto abandonam o espectro de denominação, como por exemplo o vidro.

O que é um mineral?
Minerais. Fonte/Reprodução: Original.

É valido lembrar que é importante notar-se que existem várias exceções para essas regras, como por exemplo minerais criados em laboratório, por isso a necessidade do processo natural na definição. 

Ou algum minério com mais de uma composição química, possui outros materiais capaz de gerar um novo tipo, mas não o suficiente para alterar sua no geral. Como exemplo do quartzo com sua forma pura SiO2, ela é transparente, que se adicionada, durante sua formação natural, o componente ferro bivalente, irá criar uma aparência roxa, uma variação chamado comumente como ametista. 

As diferença entre rocha e mineral

A principal diferença está na definição, porém outros detalhes importantes estão disponíveis para reconhecimento entre os dois termos, entre essas diferenças estão:

  1. Formação – Minérios são gerados de forma natural, ao material se solidificar. Rochas são conjuntos formados também de forma natural, entre um ou mais tipos de minérios, restos orgânicos e até mineralóides.
  2. A composição – Minérios sempre mantém uma única fórmula homogênea em sua composição, enquanto rocha, pode possuir vários tipos de fórmulas, caso contenha múltiplos minérios.
  3. Visual – Enquanto rochas possuem em sua maioria uma aparência opaca, minerais normalmente têm transparência ou brilho, e efeitos gerados pelo contato da luz. Obviamente que existem exceções. 

Dentre esses dois detalhes vitais em suas definições, se torna menos complicado o reconhecimento, já que rochas irão apresentar veias minerais, entre outras matérias. 

Alguns exemplos de rochas e minerais

Muitas vezes em nosso dia a dia, existem ambos minerais e rochas, e que em sua definição acaba despercebido a diferenciação, porém presente de toda forma, peso e tamanho.

Alguns exemplos de rochas e minerais
Exemplos de rochas e minerais. Fonte/Reprodução: Original.

Alguns tipos de rochas são:

  • Rochas Ígneas – Formadas em alta temperatura como em situações vulcânicas, um exemplo é granito;
  • Rochas Sedimentares – O mais comum tipo, são formadas por vários meios, possui minerais, materiais orgânicos ou de processos químicos, um exemplo é o carvão mineral;
  • Rochas Metamórficas – Formadas por outros tipos, sob efeitos como pressão e umidade da natureza que essas rochas se encontram. Um exemplo é a ardósia.

O uso de rochas em construção civil é comum, mas não é difícil achar na própria natureza, diferentes tipos com variadas composições. Em questão de minerais alguns exemplos são:

  • Minerais metálicos – Em sua composição demonstram características de metais, como no cobre, ferro e chumbo.
  • Minerais não metálicos  – Não apresenta aspectos metálicos, esses minerais têm como exemplo a areia em forma granulada, diamante e argila.

Existem também minerais que oscilam entre os dois tipos, basicamente exceções em alguns aspectos, como grafita, que apresenta um aspecto metálico que é a condução elétrica. 

As definições estão nos detalhes entre esses dois termos, mas agora é fácil observar ao nosso redor os vários tipos de rochas e minerais que passam despercebidos, mas são de uso comum e às vezes até vitais em nosso cotidiano.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy