Qual a diferença entre uma substância pura e composta?

0

No estudo da química, entender a diferença entre uma substância pura e composta permitiu que muitos cientistas pudessem descobrir novas propriedades da matéria e, com essas contribuições à ciência, inventar várias coisas que utilizamos no cotidiano. 

Assim, é muito importante compreender a diferença entre uma substância pura e composta para termos uma visão mais profunda sobre a química, e é isso que buscamos com a leitura deste artigo. Confira!

Qual a diferença entre uma substância pura e composta?

A principal diferença entre uma substância pura e composta reside no significado dos seus nomes. Isso porque, em linhas gerais, a substância composta integra uma parte do grupo das substâncias puras, enquanto essa última é a classificação geral para materiais que apresentam algumas características em comum — como veremos logo abaixo.

O que é uma substância pura?

As substâncias puras, são todos os materiais existentes no universo que apresentam propriedades constantes caso sejam submetidas a uma temperatura e pressão também constante. Significa dizer que a principal característica presente nas substâncias puras é a não alteração das propriedades químicas e físicas.

O que é uma substância pura?
Fonte/Reprodução: original.

Isso faz com que elas possuam, por exemplo, um ponto de fusão e ebulição específicos devido à constância de sua composição. Por fim, essas substâncias podem se formar com um ou mais elementos químicos.

Exemplos de substâncias puras

As substâncias puras são as mais simples de se pensar, já que são compostas somente por um elemento químico. 

Temos como exemplo o Nitrogênio (N), Oxigênio (O), Hidrogênio (H), entre outra infinidade de elementos presentes na tabela periódica. Mas e quanto às substâncias que possuem mais de um átomo em sua formação? São misturas ou substâncias compostas? Veja a seguir.

O que é uma substância composta?

Conforme informamos, uma substância composta faz parte do grupo das substâncias puras, porém ela comporta algumas características específicas. A principal delas é ser formada por mais de um tipo de átomo, diferente de sua semelhante, a substância simples, que se forma apenas com um tipo de elemento químico, a exemplo dos que citamos no tópico anterior. Fora o número de átomos, as mesmas propriedades anteriores são válidas.

Exemplos de substâncias compostas

Agora que você conhece a diferença entre uma substância pura e composta, podemos citar alguns exemplos. Substâncias como a água (H2O), Ácido sulfúrico (H2SO4), Cloreto de Sodio (NaCl), entre outras, são demonstrações de átomos de diferentes elementos químicos juntos.

Exemplos de substâncias compostas
Fonte/Reprodução: original.

Cabe aqui fazer uma distinção entre substância composta e mistura, coisa que costuma ser muito confundida entre os estudantes. Uma mistura é a junção de suas substâncias compostas, enquanto a substância composta, conforme mostramos, é a junção de átomos de diferentes elementos.

Outros tipos de substâncias químicas

A partir de tudo que comentamos a respeito da diferença entre uma substância pura e composta, cientistas realizaram vários estudos para observar como poderiam utilizar esses conhecimentos para facilitar contribuir com a sociedade e suas demandas.

Invenções para a escrita, como o uso da caneta e lápis e manipulação de papel, por exemplo, é resultado do conhecimento de como as substâncias puras e compostas interagem entre si.

Com tudo que apresentamos, fica claro a importância de conhecer a diferença entre uma substância pura e composta, principalmente por sempre estarmos em contato com esses materiais. Compartilhe o texto para ajudar na divulgação e fique à vontade para navegar por mais conteúdos como este no site!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy